domingo, 22 de janeiro de 2017

Cama.....

...Na Cama...
Joguei-te na cama
Sem fazeres drama
Rasguei tua calcinha
Acendi a tua chama
E tu sendo uma dama
O seguras-te com firmeza
Engolindo com maestria
Na tua boca
Meu sexo virou poesia
Cada centímetro sugado
Com malícia
Que delícia!
Aprovei.
Senti a tua pulsando
Enquanto minha língua
Nela ia deslizando,
Notei que o teu gozo
Se estava aproximando,
Teus gemidos excitando
E o meu sexo pressionando
Os teus lábios
De uma maneira
Gostosamente louca,
Até sentires
Meus jatos quentes,
No céu da tua boca.

Sem comentários:

Enviar um comentário